Notícia
29 de outubro de 2018

Shopping Phelippe Daou recebe curso de como gerir negócios em tempos de crise

Trabalhando como microempreendedor no Shopping Phelippe Daou há seis meses, Mikueia Rocha sentiu necessidade em buscar uma capacitação para gerir melhor seus negócios. Ele e mais de noventa microempreendedores iniciaram, nesta segunda-feira, 29/10, o curso “Empreendendo em Tempos de Crise”, oferecido pela Prefeitura de Manaus no auditório do PAC Municipal do Shopping Phelippe Daou, zona […]

por Adrisa de Góes

Trabalhando como microempreendedor no Shopping Phelippe Daou há seis meses, Mikueia Rocha sentiu necessidade em buscar uma capacitação para gerir melhor seus negócios. Ele e mais de noventa microempreendedores iniciaram, nesta segunda-feira, 29/10, o curso “Empreendendo em Tempos de Crise”, oferecido pela Prefeitura de Manaus no auditório do PAC Municipal do Shopping Phelippe Daou, zona Leste da cidade.

“O ramo de vendas é muito concorrido, é preciso que o empreendedor esteja atualizado e visando sempre ideias diferenciadas para agradar o público”, disse Mikueia, que ressalta, ainda, suas perspectivas quanto à capacitação. “Com o curso, eu espero tirar minhas dúvidas e aplicar o conhecimento na prática”.

Para a também microempreendedora do Shopping Phelippe Daou Edith da Silva, o curso é uma oportunidade para ela identificar os pontos fortes e fracos do seu negócio. “Estou no ramo há quatro anos. Quero sair daqui com a cabeça mais aberta pra novas ideias, pra novos modelos de como modificar o meu ponto de venda”, frisa.

Dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) indicam que nos primeiros quatro meses do ano, as micro e pequenas empresas foram responsáveis por 72% dos empregos formais gerados em abril, acumulando quase o dobro do registrado no mesmo período do ano passado.

De acordo com o instrutor e especialista em Gestão Estratégica de Marketing, Rafael Dantas, a ideia é que o participante ligue a parte teórica com a prática, a fim de amadurecer o que já é feito ou que até surjam novos negócios. “Há muitos pontos de atenção que podem ser identificados, o que é muito particular de cada empreendimento, mas que podem ser identificado e trabalhado estrategicamente”.

Promovida pela Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), vinculada à Secretaria Municipal de Administração, Planejamentoe Gestão (Semad), a capacitação integra o projeto Viva Centro Galerias Populares da Prefeitura de Manaus, que já certificou mais de 1,6 mil ex-camelôs em cursos como ‘Atendimento ao Cliente’, ‘Empreendedorismo’, ‘Gestão de Negócios’, ‘Planejamento e Controle de Finanças’, entre outros.

“O objetivo do curso é apresentar aos microempreendedores das Galerias Populares conhecimentos e técnicas acerca da identificação e análise da concorrência, com vistas à obtenção de vantagens como competitividade e sustentabilidade da empresa”, destaca a diretora-geral da Espi, Stela Cyrino.

O titular da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), parceira do projeto, Fábio Albuquerque, considera que o curso agrega conhecimentos fundamentais para que os microempreendedores alcancem seus objetivos. ”No período de crise que estamos vivendo, o empreendedor precisa enxergar como um momento de oportunidades”.

O conteúdo programático doa capacitação aborda temas como “Identidade empreendedora”, “Motivos para empreender”, “Empreender por oportunidade x Empreender por necessidade”, “O que fazer diante da escassez de recursos?” e “Crise, o que é?”. Os que obtiverem 100% de participação no curso receberão certificado com carga-horária de 9h emitido pela Espi.

_ _ _

Texto: Adrisa de Góes / Semad

Outras Notícias

ver mais

Comentários

Opinião

ver mais

Aniversariantes

  • 14 de novembro de 2018ANTONIO MACIEL
  • 28 de novembro de 2018MARIA TUER
AEC v1.0.4

Newsletter

Galeria

ver mais