Opinião
26 de dezembro de 2016

Tecnologia e capacitação nas cinco escolas municipais mais bem posicionadas no IDEB 2015

Levantar o perfil das cinco escolas detentoras dos melhores resultados no IDEB 2015, no aspecto tecnológico (Hardware e Software) e na capacitação dos servidores no intuito de identificar o que as mesmas possuem em comum, permite delinear um parâmetro que pode ser seguido pelos gestores das demais escolas municipais a fim de que estas possam atingir melhores índices em exames posteriores.

por admin

Com o advento da criação do IDEB em 2007, estabeleceu-se para os municípios metas a serem atingidas periodicamente com a finalidade de que a média nacional seja de 6 pontos até 2021, pontuação esta considerada correspondente aos de países desenvolvidos. A educação de qualidade vai além da avaliação de conteúdos, requer atenção aos professores. Para tanto, no documento/referência da Conferência Nacional de Educação de 2014 (Conae/2014) em seu eixo VI, “Valorização dos profissionais da educação: formação, remuneração, carreira e condições de trabalho”, observamos que antes da questão financeira temos a formação, ou seja, a qualificação de todos os profissionais envolvidos nesta tarefa e não somente os professores.

Observa-se no mesmo resultado do IDEB 2015 resultados antagônicos, onde escolas municipais obtiveram resultados até 2 pontos acima do que lhes foram passadas como metas, superando até mesmo a meta estipulada para 2021 que é 6.0, porém isto constitui minoria, enquanto a maioria tiveram resultado muito aquém do esperado. É inegável a importância dos avanços tecnológicos em todas as áreas do conhecimento, sendo a educação uma delas. Assim, tanto os recursos de hardware/software quanto os recursos humanos bem qualificado podem ser considerados elementos essenciais para o avanço no IDEB.

Assim o problema é identificar quais recursos tecnológicos e qual a formação os professores devem possuir para que o maior número de escolas municipais obtenham melhores resultados em exames posteriores, resguardando evidentemente a importância de outras variáveis (acompanhamento pedagógico, familiar) que não serão abordadas neste trabalho, mas agem diretamente sobre o cálculo do índice.

Abordando a temática do profissional da educação temos a Professora Maria Helena Augusto afirmando que é importante uma análise sobre a valorização dos professores da educação básica. Pelo advento das tecnologias educacionais, Lynne Schrum define “Tecnologia como uma ferramenta que pode mudar a natureza do aprender”. Em sua pesquisa foca o uso das tecnologias como ferramenta de suporte ao processo educacional. Nessa nova abordagem tecnologia/computador como recurso pedagógico a professora Maria Elizabeth Almeida afirma que “o professor deixa de ser um transmissor de informações para ser um mediador, facilitador, desafiador e consultor. Cabe a ele criar uma situação de parceria e cooperação com os alunos e entre os alunos”.

Portanto a capacitação de professores, em todas as esferas e níveis educacionais, se faz necessário, à medida que os avanços tecnológicos ocorrem de maneira bastante acelerada, para que o processo ensino-aprendizagem possa usufruir dos recursos disponíveis.

A capacitação de professores no âmbito dos recursos tecnológicos educacionais deve levar em consideração os dois aspectos citados acima e ainda outros dois aspectos que são: a filtragem do conteúdo a ser apresentado ao professor dada a grande quantidade de informações e recursos educacionais encontrados na rede mundial de computadores. Este assunto é abordado por Pierre Levy Em seu livro, que trata a cibercultura, a quantidade de informação gerada pelo e para o ciberespaço é vista como um dilúvio ao qual ninguém está imune, ou seja, todos estão sujeitos ao convívio com este fenômeno gerado pelo rápido desenvolvimento das tecnologias existentes, devendo todos aqueles que desejam fazer bom uso dessas informações, observar, analisar e realizar uma filtragem de quais são de importância para seu crescimento enquanto profissional.

Resultados

Quanto aos recursos tecnológicos relacionados a hardware, 100% possuem computadores, porém 80% contam com laboratório, ou seja, disponibilizam acesso aos alunos. Ainda neste segmento há em comum entre as escolas os seguintes equipamentos: Notebook, Impressora, Aparelho de Som, Datashow, e TV. Com relação aos Softwares, dentre as escolas que possuem laboratório, 100% utilizam o Sistema operacional Linux Educacional. Outros softwares utilizados são Editor de Texto, Apresentação de Slides e Objetos de Aprendizagem cada um representando 75%.Tanto os recursos tecnológicos (hardware e software) quanto os recursos humanos tem convergências em programas/projetos ofertados pelo município ou de autoria própria.

Verificou-se a presença de vários recursos tecnológicos em comum entre as cinco escolas, sejam eles hardware/software ou humanos, com isto o objetivo de encontrar parâmetros passíveis de serem replicados em outras escolas ganha maior sentido. No que diz respeito a hardware ou software os itens a serem parametrizados são em grande maioria o hardware. Quanto aos recursos humanos observa-se a presença de professores qualificados em termos de tecnologia. Fica evidenciado forte influência da tecnologia sobre o resultado final da avaliação do IDEB 2015, quando utilizado para fins educacionais.

Referências

Augusto, Maria Helena , 2015. A valorização dos professores da educação básica e as políticas de responsabilização: o que há de novo no Plano Nacional de Educação? MEC. Coleção Informática para mudança na Educação: Aprender Construindo – A informática se transformando com os professores. Fernando José de Almeida Valente, José Armando. O computador na sociedade do Conhecimento. Universidade Estadual de Campinas – Unicamp OEA_NIED/UNICAMP.

Klyverson M. Fernandes

MBA em Gestão Pública pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Especialista em Desenvolvimento de Sistemas pela Faculdade Metropolitana de Manaus (Fametro) e Licenciado em Informática pela UEA.

Comentários

Opinião

ver mais

Aniversariantes

  • 31 de julho de 2017LUZIA DE FÁTIMA
AEC v1.0.4

Newsletter

Galeria

ver mais