Notícias

Prefeitura capacita monitores da Manauscult sobre o centro histórico de Manaus

A Prefeitura de Manaus iniciou, na tarde desta terça-feira, 9/8, a capacitação de monitores da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), sobre informações do patrimônio cultural da cidade, bem como os atrativos, serviços e equipamentos turísticos situados naquela área. A iniciativa aconteceu no Casarão da Inovação Cassina, na rua Bernardo Ramos, Centro, com objetivo de oferecer atendimento qualificado aos turistas, preparando servidores e estagiários para atuarem no “#SouManaus Passo a Paço 2022”.

O curso, elaborado pela Escola de Serviço Público e Inclusão Socioeducacional (Espi), vinculada à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), se estenderá até o próximo dia 17, tendo 21 horas de duração.

“O inovador dessa capacitação será um novo olhar sobre o centro histórico de Manaus, por meio da história de seus prédios, ruas e avenidas como atrativos turísticos, além de oferecer um conhecimento sobre as principais técnicas interpretativas e de educação patrimonial, proporcionando um sentimento de pertencimento ao local, o que faz toda a diferença”, informou a diretora do Departamento de Educação e Aperfeiçoamento da Espi, Jeânia Bezerra.

A chefe da Divisão de Gestão de Espaço da Manauscult, Fabiana Barreto, explicou que a proposta do curso é capacitar os participantes sobre a riqueza do patrimônio cultural de Manaus, incluindo os atrativos que são administrados pela Prefeitura de Manaus.

“Nós temos na Praça Dom Pedro II o Museu da Cidade de Manaus, o Hotel Cassina, além do Centro Cultural Óscar Ramos, o Centro de Arqueologia de Manaus, que será inaugurado, entre tantos outros pontos que atraem a atenção não só de turistas, mas também dos moradores da cidade. Tudo isso tem uma história antiga e recente que precisa ser apresentada de forma adequada, com conhecimento”, afirmou.

Conteúdo

O curso abordará temas como conceitos de patrimônio cultural; valores e bens associados à formação cultural; noções de interpretação e educação patrimonial; políticas públicas implementadas no centro histórico de Manaus; imóveis protegidos pela legislação do patrimônio-histórico nas esferas municipais, estaduais e federais na cidade de Manaus; patrimônio edificado de relevância histórica do centro de Manaus (edificações e logradouros).

Também está prevista a apresentação dos grupos sobre a atividade proposta dos atrativos culturais; visita técnica-guiada aos atrativos culturais do entorno do Paço da Liberdade: Casarão da Inovação Cassina; Centro de arqueologia de Manaus; Centro Cultural Oscar Ramos; Mercado Municipal Adolpho Lisboa; Paço Municipal (Museu da Cidade); praça Dom Pedro II; rua Bernardo Ramos; avenida 7 de Setembro.

A instrutora é a pesquisadora e coordenadora do Observatório de Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (Observatur/UEA), representante do Observatur/UEA na Rede Brasileira de Observatórios de Turismo (RBOT), Márcia Raquel Cavalcante Guimarães, graduada em turismo pelo Centro Universitário Nilton Lins, com MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), além de ter vasta experiência e atuação na área de turismo.


Texto – Sandra Monteiro / Semad

Foto – Divulgação / Semad

Notícias relacionadas